1 de dez de 2009

Quem eu sou. E quem é você?


Nas últimas três semanas eu estive quase que diariamente atualizando este blog, que recebe mais de 200 acessos por dia!Acho um volume interessante de visitas, mas não recebo uma resposta, através dos comentários, na quantidade que me basta.
Cheguei a conclusão que as pessoas que visitam esse blog não me conhecem, não sabem quem sou nem o que faço, o que fiz ou o que pretendo fazer. Acredito que um pouco mais de intimidade vai criar um elo mais próximo, fazer com que as pessoas se sintam mais a vontade para interagir comigo e com as coisas que escrevo.
Porquê mais importante que postar e ler regularmente qualquer coisa sobre o cinema nacional é o debate, a exposição dos pontos de vista, dos entendimentos.

Então:


Meu nome é Wesley Conrado, tenho 24 anos, moro em Joinville SC. Estudei cinema em Florianópolis em 2003, não terminei a faculdade porquê meus pais não tinham mais condições financeira de me bancar, e eu não queria trabalhar! Se eu tivesse arranjado um emprego eu teria terminado a facul!

Então, depois de ter trancado a facul, e saido da cidade que eu adorava, voltei pra casa e entrei numa perdição. Queria estudar e trabalhar com cinema, e ainda quero, mas não tinha condições financeiras para ir pra São Paulo,Rio, nem Curitiba. Até tentei a capital paranaense em 2005, mas não deu certo!

Trabalhei em 2004 numa fábrica da Consul/Brastemp, montando geladeiras, só colocava uma pecinha, era muito chato e até deprimente! Mas fazer o quê?! Fiquei 6 meses, como temporário, não fui efetivado, o que me deixou muito feliz!

2006 foi um ano praticamente perdido, não fiz quase nada, me considerava um marginal, freqüentava festivais de punk/rock/hc, que por sinal, eu odiava! Não tinha dinheiro, não trabalhava, não estudava. Então tentei o vestibular para o curso de Cinema na FAP-PR, não passei. Dai fui estudar Gastronomia aqui na Univille, na minha cidade. Trabalhava (de novo na fábrica de geladeiras) para pagar a facul.



E isso até que deu certo! Hoje sou cozinheiro, esse no vídeo sou eu! Também fiz curso de francês para poder terminar minha facul na França. Minha idéia com essa faculdade era a de aprender uma profissão legal, que me desse liberdade para viajar para onde eu quisesse no mundo, sem precisar da ajuda unica dos meus pais.

Bem, o intercâmbio pra França não rolou! Eu já tinha conseguido ser aceito numa faculdade de lá (Université d'Angers) através de uma acordo com a Univille, já tinha alugado um apê na França, me inscrito num curso intensivo de Francês, comprado a passagem, TU-DO estava pronto só faltava o Visto, e imaginem: Não consegui! Faltou grana na poupança! Cara, depois de ter me estressado tanto, me danado tanto, me privado de tantas coisas para poder economizar o pouco que ganhava na fábrica de geladeiras, acabei tomando no cu porquê sou pobre.

Por uma cagada da minha coordenadora eu também perdi a matricula aqui na Univille, então não podia ir pra Françar terminar o curso lá nem podia continuar normalmente o curso aqui!

"Aluno desistente" é como estou marcado na Univille! Pode? Eu? Desistente? Que absurdo! Só faltavam uns meses para me formar, aliás, o ultimo dia de aula foi na semana passada! Mas não fico triste por não poder fazer festa de formatura nem receber o diploma. Tudo o que eu queria eu consegui.

Aquela certa segurança para poder viajar pra onde quiser.

Dai tentei novamente o vestibular pra FAP-PR, e de novo, não passei.

2009 foi um ano muito louco, tudo no que investi foi por água a baixo. Eu tinha comprado um ingresso para o show do Michael Jackson, em Londres, e bem... Fiquei com o ingresso de lembrança! Também roubaram a minha bicicleta, além de ter perdido alguns mil reais por causa do intercâmbio abortado.

Ainda não desisti do cinema, nem vou desistir tão cedo. Cinema é a minha vida pois é a coisa mais importante pra mim! Nada supera o Cinema em matéria de importância, tenho cede de conhecimento, quero conhecer mais e mais sempre, pois sou consciente das minha limitações. Veja, apenas recentemente é que REALMENTE entendi o conceito de "mise en scène" e da sua importância, isso mudou completamente o meu olhar para o cinema. Durante os quase 3 anos de faculdade não tinha tempo para me dedicar ao cinema, fiquei bastante por fora, mas agora e com esse blog... Quero conhecer o cinema latino-americano e o cinema indiano, talvez ano que vem eu vá morar em Buenos Aires, quero muito isso, conhecer a gastronomia deles, o cinema, aprender a falar outra língua. Quem sabe consiga estudar lá!


Então, esse foi um resumo bastante superficial da minha biografia. Mas agora eu realmente quero saber de você! Quem é você que lê o meu blog? Estuda cinema? Não estuda? Tem blog?Faz o quê da vida? Mora onde? Qual sua ligação com o cinema, qual teu interesse?


3 comentários:

Ibirá Machado disse...

Ueba! Quer conhecer o cinema indiano? E já conhece o blog Cinema Indiano?? :)

Abs!

Julio Marinho disse...

Muito bacana sua história, realmente faltava esse toque mais intimista, tanto é, que me senti obrigado a comentar. Meus parabéns pelo blog e pelo bom gosto.

Pâmela disse...

Imagina que eu estava navegando na internet, buscando algum filme bom pra assistir (já que aqui em Sampa SÓ chove!) e acabo aqui nesse blog supeer legal e logo de cara com uma ótima história de cinema: A SUA! :D
E como o Julio Marinho disse: "...me senti obrigado a comentar...", eu precisava deixar um comentário, é a primeira vez que entro no seu blog, mas eu preciso dizer para você não desistir do seu sonho O CINEMA! Sei que você já se ferrou bastante, mas poxa se você consegue fazer alguém que nem te conhece comentar a sua vida pode crer que aí tem coisa, e coisa boaa!
Acho o CINEMA algo incrível, contar histórias, criticar, elogiar, mudar a vida de alguém com um filme, ou fazé-la entender, conhecer, refletir sobre algo é magnífico.
E acho uma pena o cinema brasileiro ser tão pouco reconhecido, pelos próprios brasileiros, por isso seu blog é tão bacana, continue fazendo esse ótimo trabalho!

Beeijos e sorte! ;D